Maravilhas da Hisolofia

Forum para assuntos educacionais
 
InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Revolução Cubana

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
joao pedro



Mensagens : 15
Data de inscrição : 13/02/2014

MensagemAssunto: Revolução Cubana   Seg Fev 17, 2014 11:21 am

A Revolução Cubana foi um movimento armado e guerrilheiro que culminou com a destituição do ditador Fulgencio Batista de Cuba no dia 1 de janeiro de 1959 pelo Movimento 26 de Julho liderado pelo então revolucionário Fidel Castro .
O termo Revolução Cubana é genericamente utilizado como sinônimo do castrismo, governo autoritário, mas que em sua origem notabilzou-se pela implantação de uma série de programas sociais e econômicas, notadamente alfabetização e acesso a saúde universal. O apoio soviético depois do movimento armado enfatizou seu caráter anticapitalista e também antiamericano para posteriormente alinhar o país com o chamado bloco socialista. Todavia, essas características ficaram claras apenas depois da revolução, não sendo o seu foco inicial, segundo alguns historiadores, que alegam que o rumo comunista foi tomado após a oposição dos Estados Unidos ao golpe de Fidel Castro.
Cuba tinha desde o início os problemas políticos, mas não tão grandes quanto aqueles que viriam a acontecer. Fulgencio Batista foi eleito presidente democraticamente pela primeira vez em Cuba, mas a sua presidência foi marcada por corrupção e violência. Fulgencio tem o poder de voltar através de um golpe militar em 1952. Em 1953, Fidel Castro e outros 160 homens (números incertos) tentaram o Assalto ao Quartel Moncada mas falharam, e Fidel Castro foi condenado a cerca de 20 anos de prisão, e seu movimento desapareceu.
Em 1954, Batista foi reeleito como governador e, posteriormente, em um ato de reconciliação, Fidel Castro foi libertado. Fidel foi viver um tempo no México. Em novembro de 1956, com um plano revolucionário, formou o "Exército Rebelde". Um de seus comandantes era um médico argentino, Ernesto "Che" Guevara. Os guerrilheiros foram gradualmente se tornando populares, com dois novos líderes, Raúl Castro e Juan Almeida. De volta a Cuba, tinha apoio suficiente da população, em seguida, começou a empurrar para a frente as reformas políticas, sociais e econômicos. Fidel era muito popular e rapidamente se tornou primeiro-ministro, que iniciou um processo revolucionário mais pessoal.
Em 1959 começaram as primeiras reformas, especialmente em matéria de reformas industriais e a nacionalização dos bancos. A revolução cubana também teve grande importância desde que começou graças às campanhas de alfabetização em massa e de cuidados de saúde que foi implementado para toda a população.
Após este triunfo, as políticas econômicas de Cuba deixaram tão alarmados os Estados Unidos que estes romperam relações diplomáticas com o país. Cuba, então, estabelece relações abertas com a União Soviética.
Em 1962, espiões americanos descobriram a presença de mísseis nucleares em Cuba. Este é o princípio da crise dos mísseis. Em seguida, os Estados Unidos bloquearam a costa cubana. Após 13 dias de estarem à beira de uma guerra nuclear, o problema fora resolvido, mas os Estados Unidos decidem bloquear totalmente da ilha. Um ano depois dos Estados Unidos impuseram um embargo ao comércio com Cuba, que continua até hoje. Este embargo proíbe outros países que mantêm relações com os Estados Unidos de estabelecerem relações comerciais com Cuba. Fidel Castro torna-se um inimigo dos Estados Unidos e ganha a reputação de esquerdista, especialmente nos países latino-americanos.
Ao longo do tempo, a economia cubana tornou-se dependente da União Soviética e outros países comunistas. A queda do Muro de Berlim representou um duro golpe para a economia cubana, porque toda a ajuda financeira recebida por outros países comunistas desapareceu.
Partido Comunista de Cuba
O triunfo da Revolução de Outubro de 1917 na Rússia, a propagação dos ideais socialistas e europeus e latino-americanos social-democratas, levou à criação do primeiro Partido Comunista de Cuba, originalmente fundada por Carlos Baliño (que Foi fundador da PRC e conhecido de Martí) e Julio Antonio Mella (sobrinho-neto de Ramón Matías Mella, padre dominicano do país) em 1925.
Mella era um grande organizador, o líder da universidade, sindicato dos trabalhadores impressionante e homem de ação, o que levou inúmeras manifestações (escritas e na rua) de protesto e condenação de governos. Depois do exílio em 1926, a luta continuou suas atividades no México, onde alcançou importância no continente por suas ideias claras sobre a ordem das ações a levar a cabo uma luta bem-sucedida política. Em 1929 foi morto misteriosamente no México, ainda há debate sobre se sua morte foi ordenada por Stalin ou por Machado.
Após a morte de Mella, a revolução de 30 liderada por Martínez Villena, mas a tomada do poder não se concretizaram. Depois de um período que foi chamado de "efebocracia" e jogar seu peso em torno de Raúl Roa García (mais tarde o primeiro chanceler da Revolução Cubana e por muitos anos anticomunista), e alguns presidentes, cujos nomes foram praticamente esquecidos pela o povo cubano, chegou ao poder Pentarquia, mais tarde seguido pelo triunvirato do Governo dos Cem Dias, que as forças alternavam três tendências distintas: anti-imperialismo, revolucionário e popular de Antonio Guiteras Holmes, Ramón Grau San Martín e Fulgencio Batista, afinado com os setores mais reacionários da burguesia cubana.
Guiteras, talvez a mais revolucionário cubano mais consistente dos anos 1930, era um forte inimigo do Partido Comunista de Cuba naqueles anos, cujo notável homem foi, então, Juan Marinello, escritor e organizador sindical, stalinista para a organização da União Soviética, que estava em desacordo com Guiteras por completo. No entanto, em sua intensa atividade como secretário do Interior, para legalizar suas atividades e teve vários encontros violentos com Batista para a repressão a que foram submetidos mais de uma vez.
Batista, além de reprimir manifestações e greves de trabalhadores em todo esse período, conseguiu finalmente o assassinato de Guiteras em Matanzas (com Carlos Aponte), quando tentou ir para o exílio para organizar a insurreição a partir do exterior.
Após um breve período, a Constituição, favorecida pela Política da Boa Vizinhança alimentado por presidente americano Franklin Delano Roosevelt, Batista, com a radicalização dos novos revolucionários e sua impopularidade com outros candidatos presidenciais, garantiu o apoio da Embaixada dos Estados Unidos antes de tomar medidas mais radicais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Control



Mensagens : 236
Data de inscrição : 13/02/2014

MensagemAssunto: Re: Revolução Cubana   Qui Fev 20, 2014 1:48 pm

farao 
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Revolução Cubana
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Cilindro de revolução
» (AFA) Sólido de Revolução
» Sólido de revolução
» ITA - sólido de revolução
» (ITA) Cone de Revolução

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Maravilhas da Hisolofia :: História-
Ir para: